Artigos Para Pessoas

Seguro saúde x plano de saúde: entenda as diferenças

A_importância_do_relacionamento_na_construção_da_sua_marca.jpg.jpeg
Escrito por DNA Saúde

Responsáveis pelo atendimento de cerca de um terço da população do país, os planos de assistência médica surgem no mercado como uma opção privada de qualidade e confiabilidade superiores ao sistema público de saúde. Entretanto, decidir pela saúde privada é apenas o primeiro passo, pois, logo a seguir, o consumidor irá se deparar com a seguinte questão: seguro saúde ou plano de saúde?

Se você possui dúvidas nesse sentido e se está procurando saber qual dessas assistências médicas é melhor para o seu caso, não deixe de ler nosso artigo de hoje, pois ele foi feito pensando exatamente em você!

Seguro saúde

O seguro saúde trata-se, basicamente, de um plano de assistência médica, no qual o segurado possui, garantido por lei, o direito de livre escolha a respeito de onde e com quem ele gostaria de ser atendido.

Empresas responsáveis pela administração desses seguros, como a Sulamérica Saúde ou Bradesco Saúde, por exemplo, possuem uma rede referenciada de prestadores de serviços e, quando o segurado opta por ser atendido dentro dessa rede – que por lei não pode ser de propriedade das seguradoras -, todos os seus gastos serão arcados pela própria empresa, desde que o tipo de atendimento esteja previamente garantido em contrato.

Porém, se o segurado optar por ser atendido fora dessa rede referenciada, a seguradora é obrigada a reembolsar apenas até o valor máximo previsto em contrato, ou seja, a diferença entre o valor a ser pago e esse teto será de responsabilidade do segurado.

Por fim, um seguro saúde contempla a possibilidade de diversas coberturas, que vão desde um plano de referência completo até o plano ambulatorial e, se o segurado desejar, também pode optar por cobertura odontológica, obstétrica, entre outras. Além disso, assim como nos planos de saúde que falaremos a seguir, os seguros também permitem a contração de seguros tanto coletivos como individuais.

Plano de saúde

Os planos de saúde possuem o mesmo intuito dos seguros: oferecer assistência médica privada. Porém, a principal diferença entre estes é que, nos planos de saúde, o cliente tem apenas a possibilidade de atendimento nos estabelecimentos gerenciados pela própria empresa responsável pela comercialização do plano  ou em algum local credenciado por ela.

Uma exceção a essa pode regra acontecer em casos de emergência médica, em que o paciente encontra-se fora da área de cobertura de seu plano, como em uma viagem, por exemplo.

Entretanto, apesar de não serem obrigadas a realizar o reembolso quando seu cliente é atendido fora de sua rede própria ou de sua rede credenciada, muitas empresas de plano de saúde tem optado por oferecer este benefício como forma de diferencial competitivo em relação às seguradoras.

Dentro das possibilidades de planos de saúde, existe uma gama enorme de opções no que diz respeito à individualidade ou à coletividade do plano e tipos de cobertura muito parecidas com as do seguro saúde. Além disso, outro fator que também pesará no preço mensal de um plano é o perfil de risco do contratante, o qual leva em consideração aspectos como idade, hábitos, histórico da saúde pessoal e familiar etc.

Seguro saúde x plano de saúde

Agora que você já conhece bem essas duas opções, é fácil perceber que a principal diferença entra elas diz respeito ao modo operacional. Possuir uma rede própria de atendimento como fazem a Amil ou Intermédica, por exemplo, pode ser considerada a principal característica dos planos de saúde, assim como sua principal diferença em relação às seguradoras.

Sendo assim, se você preza por uma maior liberdade de escolha, os seguros de saúde certamente serão a melhor opção. Entretanto, você também deve ter em mente que essa possibilidade de escolha tem um preço, pois, nem sempre, o custo total do atendimento médico será contemplado pelo seu seguro, fazendo com que o aspecto financeiro pese um pouco favorável aos planos de saúde, em alguns casos.

De qualquer maneira, você já deve ter notado que não existe uma resposta ideal e universal para essa questão, mas que trata-se de uma análise individual de prós e contras, para cada caso específico.

Gostou de nosso post de hoje? Possui alguma crítica, dica, sugestão ou informação que gostaria de compartilhar conosco? Sinta-se à vontade para deixar seu comentário!

Sobre o autor

DNA Saúde

Deixar comentário.

Share This
Navegação