Artigos Para Pessoas

Entenda os três níveis de atenção à saúde no Brasil

entenda-os-tres-niveis-de-atencao-a-saude-no-brasil.jpeg
Escrito por DNA Saúde

Para organizar, facilitar e garantir o acesso da população à saúde pública, o Brasil segue as linha definidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e divide o seu Sistema Único de Saúde (SUS) em 3 níveis de atenção à saúde: o primário, o secundário e o terciário. Eles seguem uma ordem crescente de complexidade do tratamento e isso é feito para garantir que cada pessoa vai ser atendida no nível em que precisa, evitando um “afogamento” dos níveis mais avançados. Vamos explicar neste post como cada nível funciona e o tipo de tratamento oferecido por eles!

Quais são os 3 níveis de atenção à saúde no Brasil?

Primário

O nível primário de atenção à saúde serve para o atendimento inicial ou de casos mais simples. Ele não dispõe de tratamentos mais complexos, tendo foco em marcações de consultas e em procedimentos e exames básicos, como curativos, radiografias e eletrocardiogramas. É o tipo de trabalho realizado pelas Unidades Básicas de Saúde (UBS).

É também neste nível em que são organizadas as ações para a promoção da saúde pública em espaços comunitários, como em escolas e universidades. Campanhas para incentivar a vacinação e o combate à dengue, por exemplo, são consideradas como parte do nível primário.

Secundário

No nível secundário entram as Unidades de Pronto Atendimento (UPA), bem como ambulatórios e hospitais que oferecem atendimento especializado. A complexidade é maior que a do nível primário, mas ainda não como a do terciário. É aqui que aparecem os primeiros especialistas em áreas como cardiologia, oftalmologia, endocrinologia, etc. O atendimento na atenção primária encaminha para um desses profissionais, da atenção secundária, por exemplo.

Aqui são encontrados também equipamentos para exames mais avançados como endoscopias e ecocardiogramas.

Os profissionais e equipamentos do nível secundário de atenção à saúde estão preparados para realizar intervenções e o tratamento de alguns casos de doenças agudas ou crônicas, bem como prestar atendimentos de emergência.

Terciário

Este é o nível mais complexo, onde entram os grandes hospitais e os equipamentos mais avançados, como aparelhos de ressonância magnética, além de profissionais altamente especializados, como cirurgiões. Isso porque é no nível terciário de atenção à saúde que acontecem as cirurgias e são atendidos os pacientes com enfermidades que apresentam riscos contra suas vidas.

O sistema de organização em três níveis gradativos de atenção à saúde serve, principalmente, como uma triagem para o Sistema Único de Saude (SUS). Os pacientes são encaminhados de um nível ao próximo, garantindo que profissionais altamente especializados e os equipamentos mais avançados tenham uma maior disponibilidade para quem precisa, enquanto o paciente que precisa de um simples curativo já “para” no nível primário.

É importante lembrar que antes mesmo do que nível primário de atenção à saúde, vem o seu nível de cuidado pessoal. Manter uma alimentação saudável e restringir alguns maus hábitos podem evitar uma visita ao médico.

Esperamos que este post tenha ajudado a entender melhor como funciona e porque acontece a divisão dos níveis de atenção à saúde. Até qual nível você tem certeza que seu plano de saúde cobre? Responda nos comentários e participe da discussão!

Sobre o autor

DNA Saúde

Deixar comentário.

Share This
Navegação